Paisagismo e decoração com madeira realçam ambientes externos e internos

Na charmosa ruela Travessa dos Venezianos, em casas construídas no Século XX e tombadas pelo patrimônio, a pizzaria Bistrô da Travessa é um dos endereços que mantêm fachadas e estruturas, adicionando serviços contemporâneos à arquitetura preservada.

Nos últimos meses, uma nova área foi destinada ao atendimento e ganhou um projeto de paisagismo que tempera as noites ao ar livre. O pátio com mesas de madeira de demolição é demarcado por um caminho central de tijolos e espaços laterais com seixos.

Nestes primeiros passos, as características sustentáveis e de reciclagem de materiais do projeto do artesão e paisagista Vitor Deall’ Igna Ecker ficam evidentes. Floreiras são feitas com palletes, jardins verticais foram plantados em colunas de bambus e móveis ganharam entre suas estruturas janelas de demolição, algumas recolhidas da rua, que fazem referência ao nome Venezianos do endereço.

– Elegemos espécies endêmicas da região para serem usadas como as mais características do espaço, a exemplo das orquídeas e das bromélias – explica o paisagista.

Em direção ao último recanto, que antes era usado como depósito, a pérgola de vidro tem placas de 1m46cm de largura e três módulos que somam 7m de comprimento. Despojado e sem a disposição tradicional de mesas, este salão conta com um acervo pessoal dos proprietários como discos de vinil, quadros e uma instalação de panelas montada por Vitor. O fundo, uma pintura tom ocre, foi eleito para manter a ligação com a proposta natural e combinar com os tons terrosos.

No mobiliário, a face de artesão do profissional ressurgiu, com os móveis com mais janelas e portas. Outro detalhe mostra o esmero com a finalização personalizada das peças: no tampo das mesas, sob o vidro, foram colocadas serragens que sobraram do manuseio das madeiras da própria criação das peças.

Foto: Omar Freitas / Agencia RBS
Caminho verde
Ao final da passarela, com pérgola de vidro temperado e boleado com 1cm de espessura, um telhado vivo – sobre o novo salão de atendimento –tem espécies usadas na cozinha, como orégano, tomilho, manjericão, entre outros
Foto: Omar Freitas / Agencia RBS
Inspiração rústica
Bancos e detalhes nas paredes externas são de sobras de portas e janelas que o artesão e paisagista recolhe das ruas. “Eu não resisto quando vejo uma madeira descartada”, brinca.
Foto: Omar Freitas / Agencia RBS
Fonte: Portal Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *